sexta-feira, 2 de setembro de 2011

Saiba as novidades em torno dos estudos e projetos de Revitalização da Lagoa olho D'água

Durante a audiência pública que discutiu a revitalização da Lagoa Olho D'água, algumas novidades vieram a tona. Agora o "projeto" incorporou novos conceitos e números oficiais sobre população, renda e áreas de intervenções foram confirmadas. 

De acordo com o presidente da Companhia Estadual de Habitação (CEHAB), Nilton Mota, atualmente, 35 mil pessoas vivem nas margens da Lagoa Olho D'água (100 a 200 metros do espelho d'água). Este número sobre para 238 mil se considerarmos toda população da zona sul de Jaboatão, que sofre interferência direta ou indireta da lagoa. Outro dado importante é que essa população representa 1/3 (um terço) da população total do município.

A maior novidade veio das possíveis áreas que sofrerão intervenção. Se antes o projeto de revitalização contemplava apenas a parte leste da lagoa, agora bairros da parte oeste, como Lagoa das Garças e Sotave também entram no projeto. De acordo com Mota, moradores dessas comunidades também estão sendo cadastrados e algumas intervenções (ele não especificou quais) poderão ser executadas também nestas comunidades. 

O número total de moradores cadastrados, que devem se contemplados com moradias de interesse social, foi de 9.217, das seguintes regiões: Areeiro, Jardim Piedade, Lagoa das Graças, Sotave e Novo Horizonte. Essas são as comunidades onde o Governo do Estado encontrou o maior número de habitações irregulares. No total, 1.373 unidades habitacionais estão sendo construídas, das quais 320 já foram entregues, 224 serão entregues em junho de 2012 e outras 825 em dezembro de 2012.

Outro dado importante é referente a renda de parte desta população. Atualmente, 9 mil moradores da lagoa vivem com renda per capita inferior a R$ 250. 


O que será feito na lagoa?

O presidente da CEHAB, Nilton Mota, evitou especificar o que será feito na lagoa, pois tudo será definido após a conclusão dos estudos, que devem estar prontos (já com orçamentos e tudo mais) em outubro deste ano (2011). Mesmo assim, os estudos já apontam a necessidade de algumas intervenções, numa área que chega a 33km². 

Uma delas é a possível construção de 2 estações de tratamento de esgoto, uma em Curcurana e outra em Prazeres. Mota explicou que isso ainda não está definido, mas as chances de acontecer são grandes.  Aliado ao investimento em saneamento, virão diversas ações de drenagem, que prometem por fim aos alagamentos da zona sul de Jaboatão a médio e longo prazo. 

Outra possível intervenção será a abertura de vias, criando uma malha viária que torne a Lagoa Olho D'água acessível. Existe, inclusive, a intenção de município em participar da construção de uma via que poderá margear a lagoa. Equipamentos de lazer também poderão se construídos.

Por enquanto, o governo evita falar em dragagem da lagoa, e todos os esforços estão sendo concentrados para primeiro reverter a crítica situação de saneamento, drenagem e infraestrutura da região. 

O presidente da CEHAB também evitou falar em prazos para inicio das obras, mas fez questão de frisar que o projeto de revitalização da lagoa não está atrasado. Segundo Mota, este é um dos projetos que está sendo acompanhado e monitorado de perto pelo governador Eduardo Campos. Sem divulgar as datas, o presidente da CEHAB deixou escapar que a obra tem um calendário, que é fiscalizado pelo governador. Os recursos de R$ 111 milhões também já estão garantidos pelo Ministério das Cidades, pois trata-se de uma obra do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

Outra boa notícia é que, diferente de 2 anos atrás, hoje existe total interação entre governo do Estado e prefeitura de Jaboatão. Ambos estão motivados e empenhados no projeto, o que deixa este blogueiro e defensor da lagoa bem mais tranqüilo. De qualquer forma, ficar de olho e continuar cobrando não me custa nada... conto com vocês meus fiéis leitores e amigos!



3 comentários:

Marcio disse...

Lá por volta de 2054 essa obras saem do papel. Eu não acredito em fada e duende !!! Essas divulgações são por causa da eleição municipal que se aproxima. Piedade, candeias e barra vão continuar na mesma porcaria que estão hoje.

doralice disse...

eu quero saber se a pessoa não quiser a moradia tem direito ao dinheiro?

doralice disse...

moro em novo horinzonte em barra de jangada e quero saber se as casas aqui sai este ano ainda?