quinta-feira, 4 de julho de 2013

Engorda das praias de Jaboatão segue em ritmo acelerado

Previsão é que as obras terminem no verão deste ano. Segundo a prefeitura, 10% da obra de dragagem já foi concluída
    
    Imagem: Marceloi Ferreira (divulgação)
Trecho da praia de Barra de Jangada com areia recomposta
Curiosos por todas as partes querendo saber o que é a movimentação bem diferente da vista no cotidiano. Retroescavadeiras, topógrafos e um tubo ligado a uma draga jogando areia 24 horas por dia. Toda a movimentação encontrada pelos moradores se dá por conta da obra de engorda das praias de Jaboatão dos Guararapes. O transporte da areia, da jazida que fica em alto mar a 14 km do litoral do município, e a 2 km da praia de Pedra do Xaréu, no Cabo de Santo Agostinho, começou na sexta-feira (28/06), em Barra de Jangada, e até esta sexta-feira (05/07) terá recuperado 600 metros de faixa litorânea, isso representa 10% da obra, ou seja, 120 mil metros cúbicos de areia transportados.

“O trabalho está seguindo o cronograma e esse ritmo nos garantirá uma nova praia para os jaboatanenses até o verão, ou seja, setembro deste ano”, disse Roberto Rocha, secretário Executivo de Pavimentação e Drenagem, responsável pelo monitoramento da obra. “Enquanto a draga despeja a areia, os tratores espalham o material deixando a praia pronta para o uso”, finalizou. 

ENGORDA - O investimento total no serviço é de cerca de R$ 41 milhões, sendo R$ 2 milhões do Governo Municipal e R$ 39 milhões do Ministério da Integração Nacional. Quando pronta, a praia vai ter 35 metros de largura a mais na faixa litorânea, nos 5,3 quilômetros que compreendem às praias de Barra de Jangada, Candeias e Piedade. Essa será a maior obra de engorda do Brasil em extensão, maior que Copacabana e Aterro do Flamengo, no Rio de Janeiro, Iracema, em Fortaleza, e Piçarra, no Espírito Santo. 

Um milhão de metros cúbicos de areia será movimentado, o que equivale a 100 mil caminhões do tipo caçamba. A draga, que tem capacidade para 6 mil metros cúbicos de areia, vai trabalhar 24 horas por dia, e deve fazer 4 viagens, movimentando algo em torno de 25 mil metros cúbicos por dia. Serão 50 dias de bombeamento de areia.

Nenhum comentário: