domingo, 16 de dezembro de 2007

Lagoa é foco de transmissão de esquitossomose


Você pode nunca ter ouvido falar nessa doença silênciosa e que pode levar o indivíduo à morte. Pode não saber que a Lagoa Olho D'água é um dos maiores focos de transmissão de esquitossomose do Brasil e que nada é feito pelos orgãos municipais, estaduais e federais. A partir de agora, vamos conhecer um pouco mais da esquitossomose, para que você fique atento, se proteja e cobre providências aos orgãos públicos responsáveis.


Todos os anos as chuvas castigam as áreas ao redor da Lagoa Olho D'água. Comunidades como o Conjunto Residencial Dom Hélder Câmara, Barra de Jangada e Pontezinha, assim como bairros de classe média alta, tais como, Piedade e Candeias, sofrem com os intermináveis e absurdos alagamentos. Quando não há infra-estrutura adequada (aquela de qualidade que todo ser humano tem direito) as pessoas se vêem obrigadas a pisar na água contaminada por esgotos, afinal, diferente de muitos orgãos públicos por aí, a maioria de nós trabalhamos e não podemos nos dar ao luxo de esperarmos semanas a água baixar e o risco de contaminação diminuir.

É pela falta de políticas públicas que visem saneamento básico, que milhares de pessoas são contamindas pelo Schistosoma mansoni, popularmente conhecido como barriga d'água. Estima-se que existam cerca de 200 milhões de pessoas estejam contaminadas pela doênça no mundo inteiro.

Abaixo, vão algumas dicas para você se protejer da esquitossomose:



  • O que é a Esquitossomose?

É uma infecção causada por um parasita da classe Trematoda. Ocorre em várias partes do mundo e, no Brasil, a forma de esquitossomose mais comum é transmitida através do Schistosoma mansoni. O principal hospedeiro da doênça é o homem. É a partir das feses do homem, que os ovos do parasita contaminam o seu hospedeiro secundário: os caramujos, caracois ou lesmas, onde os ovos se transformam em larvas, que são depositadas (polos hospedeiros secundários) nas águas não tratadas de lagos, rios, lagoas etc, contaminando o ser-humano.



  • Como se pega?
A esquitossomose é contraída através do contato da água contaminada por larvas do parasita com a pele. As larvas entram através da pele, causando uma pequena irritação. Logo em seguida as larvas atingem o sistema venoso (circulação sanguínea) e se transformam em adultos, liberando mais ovos através das feses do indivíduo contaminado e dando continuidade ao ciclo da doênça. O período de incubação é de cerca de 6 semanas.


  • Sintomas:

- Momento da infecção: reação tipo alérgica na pele com coceira e vermelhidão;

- De 4 a 8 semanas: febre, calafrios, dor de cabeça, dores abdominais, nauseas, vômito e tosse seca. Nessa fase o indivíduo tem um aumento do fígado e do baço em virtude da contaminação. Esses sintomas, geralmente desaparecem em poucas semanas.

- Com decorrer do tempo: se a doênça não for tratada o indivíduo pode agravar o quadro em pouco tempo. O fígado e o baço podem ser comprometidos, causando vômito com sangue e muita febre e dores abdominais. Nessa fase, a doença pode levar a morte.



  • Como se proteger?

Investimento em saneamento básico. "Se a Lagoa Olho D'água tivesse saneamento e as pessoas não precisassem pisar em água contaminada por esgostos residencias, com certeza a Esquitossomose não assolaria aqui em Jaboatão dos Guararapes - PE e não seríamos um dos maiores focos de transmissão do Brasil."

Enquanto a Prefeitura de Jaboatão dos Guararapes e o Governo do Estado de Pernambuco não investem em saneamento básico, tente se proteger evitando pisar em água contaminada, principalmente nas épocas das chuvas. Caso não seja possível, tente utilizar botas ou proteção nos pés antes de entrar em contato com a água.



  • Diagnóstico

Se você entrou em contato com água contaminada em alguma área de risco e está sentindo um desses sintomas, procure IMEDIATAMENTE o serviço de saúde mais proximo da sua residência. O diagnóstico é feito (geralmente) através de exame de sangue, que detecta a presença dos anticorpos que agem contra o parasita.

O tratamento é feito com antiparasitários. Caso a doênça esteja em estado crônico (grave) é preciso tratamento específico.

Agora que já sabemos o que é e como se "proteger" da Esquitossomose, precisamos cobrar providências aos orgãos públicos no sentido de exigir mais investimentos no saneamento básico em torno da Lagoa Olho D'água!


VOLTAR

5 comentários:

Anônimo disse...

Se essa água for apenas ingerida, sem contudo haver o contato na pele, é possível contrair a doença, com o parasita alcançando os vasos sangüíneos pela sistema digestivo, ou o parasita infecta a pessoa somente através da pele!

KARINA disse...

PARABÉNS PELO BELO TRABALHO,MORO EM ARACAJU PORÉM SOU PERNAMBUCANA,ESTAMOS AQUI EM SERGIPE ESPECIFICAMENTE EM ARACAJU COM MOVIMENTO BEM PARECIDO COM VCS ,SÓ QUE AQUI PROCURAMOS O MPF E ELES DERAM ENTRADA EM UMA AÇÃO CIVIL PÚBLICA SOLICITANDO O ESGOTAMNETO SANITÁRIO E MACRODRENAGEM DA REGIÃO.UTILIZEI DE SEUS DADOS PARA PUBLICAR NO NOSSO BLOG SOBRE ESQUISTOSSOMOSE.WWW.COMBAZE.NIREBLOG.COM

Anônimo disse...

maravilhoso vou copiar tudo para o meu trabalho de esqiutossomose

Cristine disse...

Há dois dias atras eu pisei em um caramujo desse na rua e ele ja estava esmagado, sujei meu pé.
Há risco de eu ter pego essa doença?

por favor me responda com urgencia pois estou preocupada.

Herbert Fernandes disse...

Cristiane, como eu falei no post, toda essa área da lagoa existe risco. Aconselho não entrar em contato com a água nas ruas, muito menos com os caramujos. Aconselho que vc procure um médico e peça um exame para ficar mais tranquila.